domingo, 26 de julho de 2015

O palco, enfim

Ontem foi o grande dia. Subir ao palco vestida de Kitry, e depois de corpo de baile de Paquita, com a Bravo! Ballet.
Foram meses de ensaio para alguns minutos de apresentação e valeu a pena, como tudo que é intenso.
Vale lembrar que os ballets da escola foram feitos para adultos que têm outras profissões, mas tivemos a presença de nomes bem significativos da dança, e me sinto muito orgulhosa disso. Ver os bailarinos profissionais no palco inspira e ensina pelo exemplo.
Bom, sobre minha apresentação, ela foi boa. Melhor do que meus medos. Não muito pior do que meus sonhos. A melhor sensação foi a de "estar nas pernas", pois estava forte e no eixo. O único senão foi uma pirueta a menos no fim da variação. Para quem não sabe, no Desafio de Kitry não são mais de 16 piruetas, são 18! Nunca entendi essa conta, haha. Mas enfim, no palco a luz estava cegando e eu, por falsa esperteza, fechei a variação com a attitude e corrida. Não devia. Mas ok.
Em paquita eu curti cada segundo. Dancei feliz como há muitos anos não sentia. 
Estar preparada é tudo.
Mérito dos meus professores!
Bom, agora é descanso e voltamos em agosto com novos desafios.
Muito feliz!!!


Camiseta de ontem. Ela diz tudo.

Nenhum comentário: