sexta-feira, 27 de abril de 2012

Ballet na Track & Field

Estava eu passeando tranquilamente pelo shopping Iguatemi hoje quando me deparo com a vitrine da Track & Field.



Uma coleção pensada no ballet! Sim, estava faltando isso para a marca ser ainda mais querida. Não aguentei e entrei correndo para ver de perto.

São dois modelos de collant incríveis, porque não não como os tradicionais e lembram muito as roupinhas que as bailarinas de grandes companhias usam para fazer aula num clima mais descontraído. Tem também uma calça bailarina que ajusta na perna e leggings com franzidinho na canela. Como sapatilha, uma meia com antiderrapante (para que gosta de fazer aula de meia, boa pedida).

A vendedora me falou que as peças estão sendo sugeridas para uso em aulas de dança e Pilates.

Gostei de tudo, acho que quero todas as peças e só uma reclamação a fazer: mais uma vez o pessoal que fotografa coisas para o ballet esqueceu de chamar uma bailarina de verdade para as fotos. A modelo é linda, mas quem reconhece a técnica do ballet não vai gostar da postura, dos braços e dos pés.

Olha aí o modelo sem mangas, o único que encontrei no site. A foto da vitrine (péssima por sinal) mostra o manga longa e um pedaço da calça. O preço não é tão amigo, mas, se você quer impressionar um pouquinho e chegar arrasando na aula, vai fundo.

Gostaram?






quarta-feira, 25 de abril de 2012

Musicais

A nova febre lá em casa é o seriado Smash. Alguém aqui também está amando? Quando falo que estou assistindo, as pessoas logo falam que é tipo Glee. Mas nananinanão. É bem diferente. Smash conta a história da montagem de um musical na Broadway sobre a vida de Marilyn Monroe. E tem como um dos produtores ninguém menos que Steven Spielberg. Pra mim já tem a fórmula perfeita, não é? Ainda dá pra babar um pouco nas cenas de ensaios, em que podemos ver como os artistas de musicais precisam ser completos. Eles têm que dançar, atuar e cantar muito bem.





Falando em musicais, a Time for Fun divulgou as inscrições para audições para o Rei Leão. São papéis bem específicos. Mas se você tem o perfil, deve ser incrível participar dessa montagem!


CONDIÇÕES GERAIS DE PARTICIPAÇÃO

Audições:

1ª audição:

  • São Paulo - 04 a 08 de junho de 2012
  • Rio de Janeiro - 10 a 12 de junho de 2012
  • Salvador - 14 a 16 de junho de 2012

2ª audição (call back):

  • São Paulo - 13 a 19 de agosto de 2012

3ª audição (final):

  • São Paulo - 12 de setembro a 10 de outubro de 2012

Ensaios (datas a confirmar):

  • São Paulo - 07/01/2013 a 03/03/2013
  • Carga horária: 10 horas/dia aproximadamente
  • 6 dias/semana
  • 1 folga semanal

Estréia:

  • Março de 2013 (data a confirmar)
  • Teatro Abril - São Paulo

Apresentações:

  • A definir e confirmar
  • Poderão ser agendadas récitas extras em horários/dias diferentes dos estabelecidos como temporada, as quais serão comunicadas com antecedência de até 1 semana anterior à data da récita, respeitando uma folga semanal.

Informações Gerais:

  • O valor a ser pago e a forma de pagamento (para ensaio e temporada) será informado após o término das audições, momento em que o candidato aprovado receber a minuta do contrato com todas as informações pertinentes ao projeto.
  • A produção do espetáculo não será responsável por nenhum tipo de despesa do candidato no período de audições, ensaios e temporada, tais como: transportes, hospedagem, alimentação, traslados, despesas medicas, dentre outros.
  • A contratação do candidato aprovado seguirá as políticas de contratação da produtora. O contrato só poderá ser firmado após a entrega de todos os documentos solicitados, estando o profissional aprovado ciente que não poderá iniciar os ensaios sem a assinatura do contrato.
  • É necessário que o candidato(a) esteja disponível para a produção nos períodos acima mencionados de audição, ensaios e temporada.
  • O candidato deverá estar de acordo com todas as condições para participar das audições.
Saiba mais aqui.

terça-feira, 17 de abril de 2012

Forcinha extra para o alongamento

Um dos pedidos que mais recebo nos comentários é para falar mais sobre a Deuserband, citada neste post aqui.
Pois bem. A Deuserband é um elástico alemão criado para ajudar em exercícios de alongamento muscular, não necessariamente para a dança. Acontece que bailarino gosta de uma ajudinha a mais, principalmente em se tratando de alongamento. E, como nem sempre a gente consegue fazer aquelas aulas maravilhosas de dupla, em que um tortura ajuda o outro, o elástico faz a tração necessária para levar a perna às alturas.

Sinceramente? Eu acho que tudo isso funciona sim. Quando você se propõe a alongar mais, alguma coisa consegue. Dói? Sim. É fácil de machucar? Sim. A palavra de ordem para tudo é bom senso.

Eu adoro, acima de tudo, a sensação que a Deuserband proporciona. Consigo ver uma linha de arabesque bem bonita. E como toda ajuda do tipo (sempre falo isso pra quem usa cintas, elásticos da cintura e afins), você não pode se apoiar nisso. O elástico te dá o caminho, mas a força tem que vir de você. Por exemplo, com a Deuserband seu penché fica um escândalo? Aos pouquinhos, vá prendendo o músculo da perna para sustentar a posição, como se estivesse sem ela.

Para quem está interessado, existe também outra marca que faz a mesma coisa, e se chama Flexistretcher. Não conheço "pessoalmente", mas as fotos a seguir (tiradas do site da Flexistretcher e do Dance.net e manipuladas por mim com o aplicativo LemeLeme) dão ideias de uso com os dois produtos. Depois me contem os resultados (pelamor, sem causar nenhuma distensão).

















segunda-feira, 16 de abril de 2012

Sapatilha de ponta da Nike

Lembra quando falei aqui que a Gaynor era a Nike das sapatilhas? Então, acho que um designer roubou minha ideia e criou isto aqui:









Calma, gente, não adianta fazer a Gisele louca com o cartão de crédito na mão, porque ainda não é um produto oficial. Arc Angel é um projeto do estudante de design Guercy Eugene, que reimagina a sapatilha de ponta. A Nike (ainda) não comprou a ideia, mas ela não é incrível? Será que uma marca especializada em esporte entenderia do funcionamento do pé do bailarino? O que vocês acham?