quinta-feira, 26 de setembro de 2013

Fitas na sapatilha de ponta

Voltando em grande estilo, espero!

Bailarin@s, não sei se todo mundo acompanha a fanpage da Bravo! Ballet no Facebook, mas para quem não sabe, fizemos uma parceria muito legal com a Repetto, e para dar início a ela recebemos duas consultoras na escola para ajudar as alunas e visitantes a escolher sua sapatilha ideal. Já vou avisando aqui que esta iniciativa partiu da própria Repetto (o que nos enche de orgulho) e que não tem nada a ver com vender produtos, pois esta não é (mesmo) a finalidade da marca. O intuito é se aproximar dos bailarinos brasileiros, pois a dança é de verdade a essência da marca, o que faz a gente gostar ainda mais dela.

Bem, toda essa introdução é só para contar que depois de anos usando a Gaynor eu finalmente vou voltar a subir em pontas mais artesanais. Os professores amam essa ideia, e para falar a verdade, eu também. A Gaynor é confortável, silenciosa e, o principal, segura bastante meu colo de pé. Com ela eu consigo, por exemplo, saltar nas pontas. Foi um grande progresso na minha vida de bailarina, não posso negar. Mas por segurar meu colo, as linhas dele não ficam valorizadas. E eu estava realmente precisando voltar às origens.

Então lá vamos nós...

Um dos meus maiores problemas com sapatilhas comuns é não sentir que ela me segura, que abraça meus pés. Por isso eu decidi colocar a fita e o elástico de uma maneira diferente desta vez. Ah, toda essa pesquisa eu fiz para o Fitting que fizemos na escola. Juro, estou craque em costurar fita e elástico em sapatilhas de ponta.

Como vocês devem saber, existem algumas formas de fazer isso, e a que escolhi é a costura contínua das fitas. Isso quer dizer que para cada pé uso apenas uma fita inteira e não dois pedaços, passando o meio da fita por entre a palmilha e a sola interna. Dessa forma, acho que a sapatilha ficará mais firme no meu pé, pois puxo também a parte de baixo dele ao amarrar as fitas. Se vai dar certo? Ainda não sei. Me parece que sim, mas só vou conseguir contar isso para vocês conforme os ensaios vão acontecendo.

Por enquanto, aproveitem este tutorial de como costurar fitas e elástico (por fora desta vez) de um novo jeito!

E me contem se gostaram.

Beijo grande!





Nenhum comentário: