quarta-feira, 7 de março de 2012

Mais Paquitas

Achei o canal do ballet jovem de Portland e gostei bastante da remontagem de Paquita. As bailarinas são "pessoas normais", estão longe da perfeição, mas me pareceu um trabalho bem feito.
As variações mudam de companhia pra companhia (notem que nesta versão não há a "Paquitinha" que já postei aqui). Na de Portland são 7, contando com a do rapaz. Em outras remontagens, podem ser 9.
Coloquei somente as partes do corpo de baile e variações (pulei o pas-de-deux - deixemos para um post só sobre o assunto).
Mas o mais legal é que dá pra aprender ser medo, não acham?

Entrada


Segue o pas-de-deux

Volta o corpo de baile


Variação 1


Variação 2


Variação 3


Variação 4


Variação 5


Variação 6 - é para o rapaz

Variação 7 (é a da primeira-bailarina)


Final

13 comentários:

Rafa disse...

Lindas as variações, mas a maioria na hora que as bailarinas vão andar os pés parecem de pato, quase não vejo pontas de pé...São excessoes!!!

Ana Yazlle disse...

Oi, Rafa! Obrigada pela visita. As variações estão aí só de amostra mesmo, não são exemplos de bailarinas profissionais, como falei no post.
Beijinho!

Rafa disse...

Vão ai algumas variações:
http://www.youtube.com/watch?v=j8YVza2ri7o&feature=related
http://www.youtube.com/watch?v=dWSatpk_fvk
http://www.youtube.com/watch?v=vbY_FIyXPFg&feature=fvwrel
Bom são só algumas...MAs vou procurar mais!!
Amo ballet

Ana Yazlle disse...

Eba! Obrigada, Rafa. Eu preciso especificamente das variações das solistas e daquelas do outro post. Se achar, me avisa. É que estou ensinando pro grupo de dança ;)
Beijoooo!

Rafa disse...

É lindo esse...
http://www.youtube.com/watch?v=3rqhoOgJjiU&feature=related
Ela é muito meiga: http://www.youtube.com/watch?v=Y5ARwxVGpO4&feature=related
Este é muito bom para aprender:
http://www.youtube.com/watch?v=FhXEhutQyBU&feature=related
Variação de Paquita:
http://www.youtube.com/watch?v=SJCjDtZLzec&feature=BFa&list=PL8179485E2E110691&lf=mh_lolz
http://www.youtube.com/watch?v=-lZ9xHmm31s&feature=BFa&list=PL8179485E2E110691&lf=mh_lolz
Este são estudantes do Opera de Paris, ajuda na hora de dar aula:
http://www.youtube.com/watch?v=78HFCpOb6IE&feature=BFa&list=PL8179485E2E110691&lf=mh_lolz
Linda linda essa coreografia:
http://www.youtube.com/watch?v=9HzU5dn5Zr4&feature=BFa&list=PL8179485E2E110691&lf=mh_lolz
Essa também:
http://www.youtube.com/watch?v=SbRdJ9MxrZQ&feature=BFa&list=PL8179485E2E110691&lf=mh_lolz
Essa é uma boa sequencia para se passar em aula:
http://www.youtube.com/watch?v=HUpj3zUaikI&feature=BFa&list=PL8179485E2E110691&lf=mh_lolz
Bom, são esses que eu achei por enquanto, mas se achar mais te mando sim...
Beijoss

Ana Yazlle disse...

Ebaaaaaaa, Rafa! Vou olhar todas e postar as mais legais. Superbeijo!

Ju Hermano disse...

Fica nitido que nao eh profissional, mas mesmo assim ficou bem feitinho...acho que pro nosso grupo tera que ter muuuuito ensaio, mas nao acho impossivel, nao!

Rafa disse...

Eu nao disse que era profissional, só estava querendo mostrar os defeitos para que vocês não errem...pke os pés dakele jeito estragaria o trabalho de vocês!! Só isso, desculpa se eu disse algo que você não gostou...

Ingrid disse...

Achei tudo bem feitinho *-* Uma graça!

Thaís disse...

Eu achei uma graça!
Aliás, Paquita é um ballet tão democrático... Corpo de baile todinho à vista e isso exime muito esforço e muito trabalho em grupo!

Cássia Pires disse...

Mas que trabalho bem-feito, fiquei impressionada! Elas são graciosas, têm presença de palco, dançam bem e, o que mais gostei, têm musicalidade. Não olho para essas bailarinas com os mesmos olhos de quando assisto a bailarinas profissionais, são medidas e análises diferentes. O mais legal de assistir a apresentações assim é perceber como é possível dançar bem e fazer um trabalho artístico de qualidade com bailarinas não profissionais. Sucesso para o seu grupo, Ana! Tenho certeza que o trabalho ficará incrível.

Grande beijo.

Ana Yazlle disse...

Cássia, você pegou o esprírito do post! E seu comentário veio bem no dia em que eu estava tentando explicar pela milésima vez que todo mundo pode dançar, mesmo não tendo nascido no Kirov, rsrsrs. Muito fácil trabalhar com físicos feitos para levar a perna na orelha. A realidade das minhas alunas é outra e acredito que a fórmula do Portland também tenha funcionado. Ao menos as Paquitas me pareceram bem contentes em seus tutus. Beijo e obrigada!

Cássia Pires disse...

Ana, quem não quer entender, não entenderá nunca! =) Mas ainda bem que há professoras como você que têm essa visão. É aquela história, transformar a Ulyana em primeira-bailarina é fácil, quero ver transformar a Cássia! Hehehe. E quando suas alunas forem se apresentar, ficarei muito feliz em assistir.

Grande beijo.